4 de junho de 2018


São 50 Anos de "Tropicália ou Panis et Circencis". 1 Ano de "Caetano - uma biografia". Hora de comemorar! Ouça o disco, leia as histórias!

15 de maio de 2018


Lugares Mágicos - Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil. Na foto, a exótica "Borboleta 88", uma das mais raras do mundo. #sorte

13 de maio de 2018


Amor de mãe é o mais completo sentimento. Não tem limites e obstáculos. É acima da Lei, não acaba nem por decreto. É amor engenhoso, perseverante e atleta, supera barreiras e desavenças. Até nos erros o amor materno está. E mesmo neles, aponta novos caminhos que, invariavelmente, começam e terminam no coração. Agradecer a tudo isso é como agradecer pelo ar que respiramos. A onipresença do amor de mãe acompanha a vida inteira do filho, na alegria, na tristeza, no silêncio, na distância. A todas as mães do mundo, uma salva de palmas! 

Carlos Eduardo Drummond

2 de maio de 2018



Hoje (03/05/2018) é o aniversário de um ano do lançamento de “CAETANO – uma biografia”, primeira grande biografia sem autorização publicada no Brasil após a mudança da lei pelo STF. Jornais, revistas, emissoras de TV e rádio, do país e do exterior, comentaram e comentam o assunto até hoje. Foram mais de 40 entrevistas. Isso, por si só, seria motivo de comemoração. Mas as razões vão muito além. A vendagem se mantém firme e o livro já teve sua primeira reimpressão. As inúmeras manifestações de carinho e gratidão postadas pelos leitores nas redes sociais atestam que o livro tinha mesmo de ser publicado. Por esses e outros motivos, convidamos todos a celebrar conosco esse momento ímpar. Vida longa e próspera a “CAETANO – uma biografia”.

Carlos Eduardo Drummond
Marcio Nolasco

17 de abril de 2018

Precisamos salvar o AQUI,
Sobretudo quando perto do AGORA...
No metrô, no trem, no ônibus,
Nas ruas, nas mesas de bar,
Na fila de espera, na sala,
No quarto, na cozinha, no banheiro,
Na hora sagrada do jantar...
O homem moderno prefere o lá,
O ali, o acolá, mesmo cercado de outros,
Também ligados no acolá,
O homem moderno ignora,
Esquece o AQUI, e deixa escapar pelos dedos
O real sentido da vida, o AGORA!


Carlos Eduardo Drummond



28 de março de 2018



A poesia nossa de cada dia...

Se o metrô está cheio,
Leio poesia...
Se o trem está lotado,
Leio poesia...
Se o ônibus demora,
Leio poesia...

E assim, entre um ponto e uma estação,
Entre rimas e metáforas,
Entre braços e esbarrões,
Entre apitos e sinais,
Entre versos e antíteses,
Viajo de primeira classe nos braços da poesia...

Ó, Pai, enquanto a vida passa depressa,
Não deixeis faltar
A poesia nossa de cada dia...

                      
                 Carlos Eduardo Drummond

24 de março de 2018



"Eu não ando só... só ando em boa companhia,

Com meu violão, minha canção e a poesia..." 🎼

27 de janeiro de 2018


Curtindo o verão carioca, "Caetano - uma biografia" posou para as lentes do fotógrafo Fernando Komatsu, diante do cartão postal mais famoso do Brasil. A trilha sonora, claro, "Menino do Rio, calor que provoca arrepio..."

31 de dezembro de 2017


Como diz um samba antigo da Imperatriz Leopoldinense:
“E o menino venceu a pobreza, e fez da arte a linda princesa com quem viveu grande amor!”.

Feliz Ano Novo!

Carlos Eduardo Drummond


18 de dezembro de 2017




rapaz,
não deixe alguém
ser capaz
de roubar
essa paz
que ninguém
jamais
ousou pintar
de lilás.

Carlos Eduardo Drummond

15 de dezembro de 2017


"A distância só existe para quem se distancia."


Carlos Eduardo Drummond

1 de dezembro de 2017

Vamos celebrar o Natal com poesia!!!



12 de novembro de 2017



Ouça o Soneto "Parábola do Vaga-Lume" recitado por Fábia Silvestre.